Ômega 3 é essencial para melhor desempenho cerebral

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Já não é novidade que para manter o cérebro saudável é preciso aliar o consumo de certos alimentos à prática de exercícios físicos. A adoção deste hábito pode aumentar a capacidade de memorização. Consumir frutas, verduras, carnes brancas e cereais são essenciais para cuidar da memória, inclusive para combater o mal de Alzheimer.

Segundo a nutricionista do Hospital Federal dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro (HFRJ), vinculado ao Ministério da Saúde, Rosana da Silva Nunes, o cérebro precisa ser protegido e estimulado diariamente. “Além de atividades físicas, precisamos dormir bem, beber bastante líquido e ingerir alimentos funcionais, ou seja, alimentos que além de nutrir, possuam uma função no organismo”, explica.

O ômega 3, nutriente encontrado em peixes, é uma boa indicação para o bom desempenho cerebral, pois tem efeitos positivos na saúde mental, na prevenção do Alzheimer e favorece a diminuição da taxa de colesterol no sangue. O Guia Alimentar da População Brasileira, produzido pelo Ministério da Saúde, recomenda a ingestão de peixe pelo menos duas vezes por semana. Outra opção são as cápsulas de ômega 3.

Rosana explica que a estimulação do cérebro deve ser iniciada o mais cedo possível, ainda na fase da amamentação. “O leite materno é rico em ômega 3, nutriente essencial para o cérebro. Além disso, se a gestante tiver uma alimentação rica em ácido fólico, encontrados nos vegetais verdes e cereais, por exemplo, ela terá um bom desenvolvimento cerebral do feto”, ressalta a doutora.

Mudanças – Mudanças de hábito são fundamentais. Para que seu cérebro entenda estas mudanças, é preciso seguir uma rotina. De acordo com a nutricionista, quanto mais você estimulá-lo, melhor será o desempenho. “Uma alimentação saudável é o ponto principal. Iniciar e dar continuidade a esses hábitos farão toda a diferença em sua vida”, conclui.

A ingestão de alimentos provoca a produção de radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento precoce das células. Para evitar esta produção, a nutricionista dá algumas dicas. “Precisamos consumir vitamina C, presente nas frutas cítricas e vegetais e vitamina E, encontrada no feijão e em frutos do mar, por exemplo. Uma dica de ouro seria comer uma maça por dia, pois essa frutinha estimula a memória. As frutas são alimentos perfeitos para o organismo”, explica.

Outro ponto importante é não beber líquidos durante as refeições. O recomendado é tomar água ou sucos naturais uma hora após a refeição, para ajudar na digestão. A doutora ressalta ainda que o prato deve ser o mais colorido possível, para que você possa consumir uma grande quantidade de nutrientes. “Quanto mais cores seu prato tiver, melhor. Mas lembrem-se: não repitam os mesmos alimentos todos os dias. Se hoje você comeu cenoura, rica em betacaroteno, amanhã você come um chuchu, uma hortaliça rico em vitamina A e C”.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>